Thursday, December 4, 2008

Ter um bebé no Japão

Durante estas últimas semanas várias pessoas perguntaram-me como foi ter um bebé no Japão e quais as diferenças para o que teria sido em Portugal. Bem, uma vez que foi a primeira vez não sei exactamente, mas vou tentar descrever as coisas que me pareceram originais!

Quando chegámos ao hospital, levaram-me para uma sala pré-parto onde monitorizaram o coração da Maria e as minhas contracções e tivemos desde logo duas enfermeiras connosco, uma exclusivamente dedicada a nós que basicamente tentava aliviar-me as dores e pôr-me o mais confortável possível e outra que ia e vinha verificando os dados da máquina. 
A primeira enfermeira tinha muita graça, quer dizer na altura não achei muita piada, mas agora... às tantas perguntou-me se me doía a zona lombar, eu disse que sim e ela perguntou-me logo toda entusiasmada se queria um saco de água quente ao que eu respondi ok e ela lá foi toda contente buscar o saco de água de quente (que realmente ajuda), depois eu pedi ao Luís que me arranjasse uma almofada grande, ele pediu-lhe e ela apareceu com um rolo gigante que de facto ajudava imenso! Noutra ocasião eu pedi para me passarem a garrafa de água e ela salta a correr a dizer que ia buscar uma palhinha! Enfim, muito muito simpática e acima de tudo muito prestável!
Durante o parto propriamente dito nós levámos o nosso ipod (e as colunas) e eu tinha feito umas listas de músicas para a ocasião, assim foi ao ritmo das minhas músicas favoritas que a Maria nasceu!
Depois só posso elogiar o resto do serviço, incluindo a comida! Uma delicia... confesso até que tenho saudades da sopa de alho francês e da gelatina de laranja!!
Não posso deixar de dizer que o nosso médico (Dr. Sakamoto) foi fantástico, a calma e segurança que transmitiu durante todo o tempo fez com que parecesse mais fácil! E aqui fica também o meu especial agradecimento aos inventores da anestesia epidural Dr. Robert A. Hingson, Dr. Waldo B. Edwards e Dr. James L. Southworth!!

3 comments:

Paula said...

Amiga,
concordo inteiramente com o agradecimento especial aos inventores da anestesia epidural... Por mim mereciam um prémio Nobel.
Beijinhos dos Taveiras

Lu said...

Prémio Nobel com direito a ovação especial :)

jonasman said...

Os meus sinceros PARABÉNS pela Maria!

Beijinhos e força nesta nova aventura!!
Jorge

Google